Estatística

▷ Correlação de Spearman no Excel

▷ Correlação de Spearman no Excel

Olá seja bem vindo ao meu mais novo artigo A Correlação de Spearman avalia a relação monotônica entre duas variáveis contínuas ou ordinais, seja ela linear ou não. Em uma relação monotônica, as variáveis tendem a mudar juntas, mas não necessariamente a uma taxa constante. O coeficiente de Correlação de Spearman baseia-se nos valores classificados (utilizando o Raking de Besson) de cada variável, em vez de os dados brutos. Ou seja, caso não seja observada uma relação linear entre as variáveis, o coeficiente de Spearman é Continue lendo

▷ Correlação de Pearson no Excel

▷ Correlação de Pearson no Excel

Olá seja bem vindo ao meu mais novo artigo Neste artigo irei descrever como calcular a Correlação Linear dentro do Excel ou a Correlação de Pearson mas de maneira dinâmica! Mas antes vamos ao conceito do que é Correlação Correlação Correlação significa relação mútua entre dois termos. Dessa forma, o método de correlação linear, é utilizado para estudar o comportamento conjunto de duas variáveis quantitativas. Existem maneiras distintas de estudar o comportamento conjunto entre duas variáveis. Uma forma bastante funcional é a plotagem de um Continue lendo

▷ Métricas de Erros no Excel – Competição do Kaggle

▷ Métricas de Erros no Excel – Competição do Kaggle

Olá seja bem vindo ao meu artigo Com o aumento das competições de Machine Learning como o famoso Kaggle e inspirado no artigo abaixo https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0169207020301114 Segue novas medidas de métricas para a validação dos modelos de previsão. Recomendo muito a leitura do artigo acima, onde demonstra as competições entre os modelos clássicos versus os modelos de Machine Learning e Redes Neurais e quais foram os vencedores. O intuito deste artigo será mostrar as novas métricas de erros que é utilizado nas competições do Kaggle M4 Continue lendo

▷ Métricas de Erros Estatísticos no Excel

▷ Métricas de Erros Estatísticos no Excel

Olá seja bem vindo ao meu artigo Medir a precisão da previsão (ou erro) não é tarefa fácil, pois não há somente um indicador. Mas antes temos que fazer uma distinção entre a precisão e seu viés Precisão: É o grau de variação dos resultados. Não é o mesmo que exatidão. A precisão fornece uma ideia da magnitude do erro, mas não da direção. Viés (exatidão): É o grau da direção do erro, representa o erro médio histórico. Como pode ver na figura abaixo, o Continue lendo

▷ Teste de Normalidade  Shapiro-Wilk no Excel

▷ Teste de Normalidade Shapiro-Wilk no Excel

Olá seja bem vindo ao meu novo artigo O teste de Shapiro-Wilk é um teste de normalidade não paramétrico. Foi publicado em 1965 por Samuel Sanford Shapiro e Martin Wilk. O objetivo deste teste é fornecer uma estatística de teste para avaliar se uma amostra tem distribuição Normal. O teste pode ser utilizado para amostras de qualquer tamanho (recomenda-se até 5.000 amostras). Segue abaixo o link do artigo original publicado em 1965 https://www.jstor.org/stable/2333709 Analisando os dados exemplo abaixo: Vamos as fórmulas: Coluna Auxiliar mi | Continue lendo

▷ O Teste de Tukey no Excel

▷ O Teste de Tukey no Excel

Olá seja bem vindo ao meu mais novo artigo Segue abaixo o artigo publicado do autor John Tukey (1949), https://www.jstor.org/stable/3001913 Quando estava realizando o cálculo da ANOVA de apenas um fator, que segue abaixo, ▷ ANOVA no Excel – Um fator Surgiu uma validação para realizar o cálculo da Diferença Mínima Significativa (DMS), sendo necessário o cálculo do Q-Crítico, Tabela Q que utiliza o Teste de Tukey, Devido à complexidade do código foi necessário criar várias funções personalizada no MS Excel com programação VBA (Visual Continue lendo

▷ O Teste de Anderson-Darling no Excel (dinâmico)

▷ O Teste de Anderson-Darling no Excel (dinâmico)

Olá seja bem vindo ao meu mais novo artigo O que é a estatística de Anderson-Darling? Segue abaixo o artigo publicado dos autores (1952, 1954) https://projecteuclid.org/download/pdf_1/euclid.aoms/1177729437 A estatística de Anderson-Darling mede se os dados seguem uma distribuição. Para um conjunto de dados e distribuição específico, quanto melhor a distribuição se ajustar aos dados, menor será a resposta estatística. Por exemplo, você pode usar a estatística de Anderson-Darling para determinar se os dados atendem à suposição de normalidade para um Teste t. As hipóteses para o Continue lendo

▷ Análise de Variância – ANOVA – 2 Fatores com repetição no Excel

▷ Análise de Variância – ANOVA – 2 Fatores com repetição no Excel

Olá Pessoal seja bem vindo ao meu novo artigo! Após realizar o artigo anterior sobre o ANOVA – Um fator, neste artigo será demonstrado uma aplicação do ANOVA com dois fatores com repetição. Será utilizado o seguinte exemplo: 4 fornecedores (Fornecedor 1 ao 4) e 4 tipos de materiais (Aço Carbono 1020, 1045, 1090 e o Aço Inox 316). A questão é, será que existe alguma variação significativa na entrega dos materiais? Caso houver, em qual fornecedor e em qual material? Vamos a base dos Continue lendo

▷ ANOVA no Excel – Um fator

▷ ANOVA no Excel – Um fator

Olá amigos! Sejam bem vindos ao meu novo artigo! Vou apresentar neste artigo uma técnica bastante aplicada da área da Estatística. Esta técnica se chama ANOVA (Analysis of Variance), que significa uma Análise de Variâncias entre Grupos. Vamos ao exemplo, temos três tipos de motores sendo eles classificados como A, B e C. Em cada tipo de motor, retiramos uma amostragem de 5 unidades de cada e fizemos um teste de durabilidade e obtivemos os seguintes resultados, que segue abaixo A questão é, podemos com Continue lendo